Contos de Grazi Gatinha Acompanhante SP

Esses homens e seus fetiches mais loucos… Agora sempre me pedem a tal da massagem tantrica o que me fez fazer um curso e me tornar terapeuta tantrica, que bom acabei agregando muito conhecimento com essa massagem, e meus atendimento melhoraram bastante.

Meu trabalho sempre exigiu que eu cuidasse do meu corpo. Como muitos já sabem e me acompanhante fui dançarina de palco do Faustão durante um bom período, atendi durante um tempo como acompanhante e hoje atuo como terapeuta especialista em massagem tantrica que é um segmento que me interessa e me faz aprender muito.

Veja como aconteceu

Mas vamos deixar de blá blá blá e ir direto ao assunto, isso aconteceu em uma academia que estava frequentando perto de minha casa.

Academia todo dia pra mim não é regra, é lei, é necessidade! Às vezes só alterno meu horário conforme meus compromissos pessoais e agenda de clientes. Há uns 3 meses atrás fui obrigada a trocar a academia que eu costumava frequentar, por conta dos meus cursos, o horário não casava e tive que treinar de noite.

A nova academia ficava aberta até meia noite, portanto, era legal, pois tinha até menos movimento e podia aproveitar melhor os equipamentos e menos babões me comendo com os olhos, se bem que confesso… Adooooorooo, rsrsrs

Certa noite, senti que alguém me observava este tipo de coisa não sei explicar, mas eu sinto. Era um cara por volta dos seus trinta e poucos anos, cabelo meio grisalho, mas bem cuidado, não era lindo, mas sabe quando a pessoa tem um “Q” a mais? Então, ele tinha… rs

Segundo dia, lá estava ele fazendo esteira… Sabe quando o diabinho vem na cabeça a fim de traquinar algo? Passei por ele, um sorriso e leve aceno com a cabeça fui treinar glúteo bem próximo. Deu pena do pobre coitado, kkkkkkkkk… Ele começou a suar mais do que deveria, não conseguia disfarçar, sabe aquela cara de lobo faminto quando vê a presa?

Eu sempre uso macacão suplex próprio para treinar, meu corpo todo malhado e bem definido, nenhum cara da academia conseguia ficar o treino todo sem dar aquela olhadinha básica, já até peguei alguns com ereção de tão hipnotizados que ficavam!

Ele ficou uns 2 dias sem aparecer, e eu encanei naquele pobre coitado, quando cismo sou pior que o capeta, finalmente quando o encontro novamente… Decidi que naquele dia iria fazê-lo sofrer, mas suar de tesão por mim, meu Deus como sou malévola, kkkkkkkkk

Fui ao toilet feminino, tirei minha calcinha fio dental e estava com suplex branco… Há pra quê? É hoje! Estrategicamente me posicionei num aparelho que ficava de frente pra ele e iniciei peitoral com as pernas abertas… Era visível a minha rachadinha totalmente marcada no suplex, que maldade… Não se judia assim das pessoas… Ele parou, literalmente parou e não conseguia sequer disfarçar a sua reação, faltou babar… E pra piorar (ou melhorar, rs) eu a todo instante ajeitava o suplex puxando mais ainda, o que me deixava mais marcada ainda… Foi evidente o volume no seu calção! Levantei-me, dei uma piscada e fui embora.

Propositalmente, esperei na cantina e ele aparece (sabia!!!!!!!), Homem quando quer comer, não sabe esperar…

Ele: – Olá, tudo bom?

Eu: – Tudo e você?

Apresentações devidamente feitas, beijinho no rosto, e ficamos conversando até chegar ao estacionamento, ali rolou uns beijos e amassos, mão daqui e ali… Ele estava louco de tesão e eu também, sentia seu pau pulsando sob o calção, ele sussurrou ao meu ouvido que sua vontade era me comer ali dentro da academia mesmo na frente de todos, seu desejo era me pegar suada, me lamber toda, sentir meu sabor… Até que seu tel tocou… Pediu desculpas olhou e não atendeu!

Eu: – Tu é casado?

Ele: – Não (risinho sem graça)…

Eu: – Mas era mulher que te ligou neh? Não sou otária…

Ele: – Um rolo aí…

Eu: – Esse rolo deve ter nome e provavelmente deve ser sua namorada…

Ele: – Não esquenta com isso, vamos curtir o momento!

FDP era comprometido, homem só muda o endereço mesmo, e quando a louca aqui acha que encontrou um cara para dar de graça… Como eu sabia que meu tempo naquela academia seria curto somente até acabarem meus cursos, eu expliquei a ele qual era a minha profissão e sou expert em realizar fantasias. Porque não se divertir e portanto, ganhar um $$$ ao mesmo tempo?

Ele: – Tá me zuando? Sério? Sério? Repetiu umas dez vezes, kkkkkkkkk

Eu: – Por quê? Tem preconceito contra Garotas?

Ele: – Caracaaa… Nossaaa, mas nunca imaginava…

Eu: – Pois eh, meu bem… Tudo tem seu preço! (ai não sei por que, adoro quando digo isso, rsrs)

Eu: – Olhaaa te garanto que será a FODA da sua vida!! Meti a língua na boca dele e agarrei seu pau!

Quando o homem passa a pensar com a de baixo, já era… Dali, fomos direto pro Motel! Como já estava na Vila Mariana foi rapidinho, no trajeto só por maldade fui alisando o pau dele.

Lá chegando, já fui me despindo para tomarmos uma ducha juntos, ele pediu para parar… Sem reação, não entendi!

Ele: – Como eu vou pagar pelo seu atendimento, posso lhe pedir algo?

Eu: – Pode, desde que não seja bizarro, rsrs

Ele: – Não quero que você tome banho! Eu tomo uma ducha pra ficar cheirosinho pra você!

Eu: – Como assim?

Ele: – Quero provar o teu sabor, seu suor e não tira o suplex!

Eu: – Cara, essa é a sua tara mesmo heim? Por isso que você vai à academia neh, seu tarado!!! Kkkkkkkkk

Ele sorriu foi tomar uma ducha… Sou muito atenciosa com meus clientes e procuro proporcionar e realizar todas as fantasias que eles desejam no que esta ao meu alcance. Enquanto ele se banhava, perguntei se podia pedir uma bebida pra nós? Ele disse que sim, aproveitei e pedi uma tesourinha na recepção, expliquei do que se tratava.

Chegando eu propositalmente cortei o suplex bem na região da virilha. Fiquei de quatro no chão, fazendo alongamento de perna…

Quando ele saiu da ducha, e me viu alongando de suplex rasgado, deixando minha bucetinha à mostra, veio pra cima de mim como quem diz: Você tá fudida! Rs

Começamos a nos beijar gostoso e intensamente, enquanto manipulava o pau dele. Coloquei-o sentando na beira da cama, e iniciei um oral só de língua, olhando nos olhos, homem nenhum resiste a isso, rsrs

Ele implorou, por favor, pára e vem me foder… Coloquei a camisinha na boca e fui cobrindo aquele membro rijo, subi em seu colo e comecei a esfregar a bucetinha no pau dele… Mete, senta logo no meu pau, senta! Calma aí garanhão, rsrs…

Sussurrei no ouvido dele: Tá gostando de foder a putinha da academia tá? Enquanto lentamente fui engolindo cada cm daquele cacete gostoso… Ele teve espasmos de prazer, foi lindo ver aquilo e no espelho ele podia me ver montada nele de suplex e minha buceta gulosa subindo e descendo lentamente, engolindo seu pau. Coisa linda!!! Até eu fiquei extremamente excitada pois nunca havia transado de macacão suplex, kkkkkkkk

Ele despiu a parte de cima e começou a mamar nos meus seios enquanto uma mão segurava minha bunda com tanta firmeza e ritmava o vai e vém que ia aumentando, ele pirava vendo minha bunda e buceta montando nele, empurrei ele para se deitar totalmente na cama e ainda montada comecei a socar com força minha buceta, não acreditei que EU estava prestes a gozar…

FDP, agarra minha bunda, puxa e soca forte que vou gozar gostoso, deixa? Posso? Ele ficou louco, então vem… Ele entendeu o recado, socava violento… Ai caralhoooooo, to gozandooooo no teu pau FDP… Delíciaaa!

Caí ao seu lado na cama… PQP… Que foda gostosa, intensa, fazia tempo que um cliente me fazia gozar assim com gosto, rimos muito de prazer, meu Deus, que gostoso foder assim.

Hey, e quanto a mim? Eu disse você que se foda agora e cai na gargalhada… kkkkkkkkkk

Vem cá lindinho, comecei a beijá-lo novamente (momento carícia), rs

Fiquei de quatro na cama, bem arreganhada… Vem… Vem terminar de comer sua putinha da academia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *